Bibliografia - B


Bacci, Massimo Livi. 1971. A century of Portuguese Fertility. Priceton: Pricenton University Press.


Bandeira, Mário L. 1994. Envelhecimento demográfico e planeamento familiar: que relação? Sexualidade e Planeamento Familiar 3:26-35.


Bandeira, Mário Leston. 1994. Família, transição demográfica e modernidade: o caso português Tese de Doutoramento. ISCTE, Lisboa.


Bandeira, Mário L. 1996. Crise da família e novos protagonismos sociais. Lisboa: Cadernos de Formação. Núcleo de Educação Recorrente e Extra-escolar.


———. 1996. Demografia e Modernidade. Família e Transição Demográfica em Portugal. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.


Baptista, Luís. 1986. Valores e imagens da família em Portugal nos anos 30: o quadro normativo. In A mulher na Sociedade Portuguesa: visão histórica e perspectivas actuais. Actas do Colóquio. Coimbra: Faculdade de Letras.


Baptista, Luís Vicente 1990. Os discursos moralizadores sobre a família In Portugal Contemporâneo. Volume 4: 1926-1958, edited by A. Reis. Lisboa: Edições Alfa.


Baptista, Patrícia Gonçalves. 2011. Imigração e trabalho doméstico: o caso português. Lisboa: Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural.


Barata, Óscar Soares. 1985. Natalidade e Política Social em Portugal. Lisboa: ISCSP.


———. 1987. La modernité et la famille: rôles nouveaux de la femme. In La Sociologie et les Noveaux Défis de la Modernisation edited by A. C. Gonçalves, A. T. Fernandes and C. L. d'Epinay. Porto: AISLF/Secção de Sociologia da Faculdade de Letras do Porto.


Barbosa, Fátima, and Alice Matos. 2008. Cuidadores familiares idosos: Uma nova realidade, um novo desafio para as políticas sociais. Configurações - Revista de Sociologia 4:127-142.


Barros, Fernanda, and Helena Barão. 1987. A Comunicação na Família e Projectos de Vida: procura de identidade social e pessoal dos jovens, Cadernos de Juventude XIII. Lisboa: Instituto de Estudos para o Desenvolvimento.

 

Barroso, Margarida, Magda Nico, e Elisabete Rodrigues. 2011. Género e sociologia: uma análise das desigualdades e dos estudos de género em Portugal. Sociologia online. Revista da Associação Portuguesa de Sociologia 4 (Setembro).


Barroso, Zélia. 2004. Ser Criança Não Deveria Doer... Contribuição para uma Tipologia de Maus Tratos às Crianças. In Actas do V Congresso Português de Sociologia. Sociedades Contemporâneas - Reflexividade e Acção. Braga: Associação Portuguesa de Sociologia.


Barroso, Zélia. 2005. La Violencia Contra las Mujeres en Portugal: Un Análisis Sociológico. Revista Eliminar Obstáculos para Alcanzar la Igualdad 1:109-121.


Barroso, Zélia. 2007. Violência nas Relações Amorosas. Lisboa: Colibri.


Bastos, Cristiana. 1988. The northeastern Algarve and the southern Iberia family pattern. Journal of Family History 1:111-122.


Bock, Gisela, and Anne Cova. 2003. Writing Women's History in Southern Europe 19th-20th Centuries. In Ecrire l'histoire des femmes en Europe du Sud, XIXe-XXe siècles. Oeiras: Celta.


Brandão, Ana Maria. 2008. Dissidência sexual, género e identidade. In Actas do IV Congresso Português de Sociologia. Sociedade Portuguesa: Passados Recentes, Futuros Próximos. Lisboa: Associação Portuguesa de Sociologia.


Brandão, Maria de Fátima. 1993. O bom imigrante à casa torna? In Emigração/imigração em Portugal. Actas do Colóquio Internacional sobre Emigração e Imigração em Portugal (séculos XIX e XX), edited by Nizza da Silva, I. Baganha, M. J. Maranhão and M. H. Pereira. Lisboa: Fragmentos.


———. 1994. Terra, Herança e Família no Noroeste de Portugal. O caso de Mosteiro no século XIX. Porto: Afrontamento.


Brandão, Maria de Fátima, and Robert Rowland. 1980. História da propriedade e comunidade rural: questões de método. Análise Social (61-62):173-207.


———. 1980. Práticas de herança no concelho de Vieira do Minho. In Les Campagnes Portugais de 1970 a 1930: image et realité. Paris: Fondation Calouste Gulbenkian. Centre Culturel Portugais.


Brannen, Julia, and Janet Smithson. 1998. Conciliação entre o trabalho e os filhos. Perspectivas de futuro para jovens de cinco países. Sociologia, Problemas e Práticas 27:11-25.


Brettel, Caroline. 1978. Já chorei muitas lágrimas (histórias de vida). Lisboa: Universidade Nova de Lisboa.


———. 1991. Homens que Partem, Mulheres que Esperam - Consequências da Emigração numa Freguesia Minhota. Lisboa: D. Quixote.


———. 1991. Kinship and contract: property transmission and family relations in Northwestern Portugal. Comparative Studies in Society and History 3:443-465.


Brettell, Caroline. 1982. We Have Cried Many Tears. The Stories of Three Portuguese Migrant Women. Cambridge: Schenkman Publishing Co.


———. 1986. Men Who Migrate, Women Who Wait. Population and History in a Portuguese Parish. Princeton: Princeton University Press.


———. 1988. Emigration and household structure in a Nortwestern Portuguese parish 1850-1920. Journal of Family History 13:33-58.


Brettell, Caroline, and Victor M. P. Rosa. 1984. Immigration and the Portuguese family: a comparison between two receiving societies. In Portugal in Development. Emigration, Industrialization and the European Community, edited by T. Bruneau, outros, outros and outros. Ottawa: University of Ottawa Press.