Bibliografia - L

Lages, Mário. 1959. L'assistenza alla famiglia portoghese. Famiglia e Civiltà, 9 (1-2):20-26.


———. 1979. A natalidade portuguesa. Premissas demográficas. Lisboa: Excelsior.


———. 1983. O casamento exolocal numa aldeia da Beira Alta. Análise Social XIX (77-79):645-665.


———. 1988. Papéis familiares e distribuição de poder nas famílias. In Actas do Seminário Tempo para o Trabalho, Tempo para a Família. Lisboa: Direcção Geral da Família.


———. 1991. Notas para a modelização da fecundidade geracional portuguesa. População e Sociedade no Mundo de Expressão Portuguesa 1 (Jan-Dez):89-106.


Lalanda, Piedade. 1993. O valor e o papel do álcool na família. In A Sociologia e a Sociedade Portuguesa na Viragem do Século. Actas do I Congresso Português de Sociologia, Vol I. Lisboa: Associação Portuguesa de Sociologia/Editorial Fragmentos.


———. 1993. Redes de parentesco: estrutura de uma comunidade. In Estruturas Sociais e Desenvolvimento. Actas do II Congresso de Sociologia, Vol. II. Lisboa: Associação Portuguesa de Sociologia/Editorial Afrontamento.


———. 1994. A reprodução do modelo da mulher através do casamento homogâmico. In Actas do III Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais. Lisboa: Instituto de Ciências Sociais/Universidade de Lisboa.


———. 2000. "A minha vida são eles” a individualização na construção identitária da mulher. In Actas do IV Congresso Português de Sociologia. Sociedade Portuguesa: Passados Recentes, Futuros Próximos Universidade de Coimbra: APS.


———. 2002. Casar pelo Civil ou na Igreja Sociologia, Problemas e Práticas 39:69-83.


———. 2003. Transições Familiares e Construção da Identidade Feminina, Tese de Doutoramento. ICS, Lisboa.


———. 2005. A população feminina e as transições familiares através da demografia. Revista Estudos Demográficos 38.


———. 2005. Transições familiares e identidade das mulheres. In Famílias em Portugal - Percursos, Interacções, Redes Sociais, edited by Karin Wall. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais.


Leal, António da Silva. 1985. As políticas sociais no Portugal de hoje. Análise Social XXI (87-88-89) (3-º,4.º-5.º):925-943.


Leandro, Ana Sofia da Silva. 2005. Diferenças e desigualdades. A entrega e o encargo da criança após a desunião conjugal. Configurações - Revista de Sociologia 1:147-163.


Leandro, Ana Sofia da Silva, and Maria Engrácia Leandro. 2004. Transmissão de valores no seio da família. Persistências e mudanças. In Actas do V Congresso Português de Sociologia. Sociedades Contemporâneas - Reflexividade e Acção. Braga, Universidade do Minho: APS.


Leandro, Maria Engrácia . 1991. No entardecer da vida novas atitudes se impõem. Cadernos do Noroeste 4 (6-7):359-368.

———. 1992. Au-delá des apparences, l'insertion sociale des portugais dans l'agglomération parisienne, Tese de Doutoramento em Sociologia.Universidade de Paris-Sorbonne, Paris.


———. 1994. Complexidade das estruturas familiares na sociedade moderna. Theologica 2 (29):13-29.


———. 1994. Inter-confluências. Idoso-modernidade. Cadernos do Noroeste 7 (2):56-67.


———. 1995. Familles portugaises, projets et destins. Paris: Ciemi-L’Harmattan (Coll. “Migrations et changements”).


———. 1997. Flexibilidade e rigidez das organizações. A relação entre a família, o trabaho e as organizações de Segurança Social. Cadernos do Noroeste 10 (2):429-457.


———. 1997. Les femmes portugaises devant les mutations sociales. In Les familles portugaises et la société française, edited by B. D. Varine. Macon: Interaction France-Portugal/Editions W.


———. 1997. Migrações e trajectórias familiares. In Historia de la familia. Uma nueva perspectiva sobre la sociedad europea. Seminario família y élite de poder en el reino de Murcia. Siglos XV-XIX, edited by A. Sanchez and A. Ramon. Murcia: Universidade de Murcia.


———. 1998. A família em Portugal na viragem do milénio. In A Família na viragem do século. Braga: Fusob.


———. 1998. A realidade familiar em Portugal na viragem do milénio. In A realidade familiar em Portugal na viragem do milénio. Braga.


———. 2000. Familles en réinstallation dans le Minho. In Lieux de vie et circulations des Portugais de France, edited by B. D. Varine. Macon: Interaction France - Portugal/Editions W.


———. 2001. Sociologia da família nas sociedades contemporâneas. Lisboa: Universidade Aberta.


———. 2002. Dinâmica familiar e migrações. A situação das famílias portuguesas na Alemanha e em França. In Actas do Colóquio Internacional Família, Género e Sexualidade nas Sociedades Contemporâneas. Lisboa: APS.


———. 2002. Reinserção familiar no centro das antinomias dos processos migratórios internacionais. Um estudo de caso em situação de regresso. Sociedade e Cultura 4, Cadernos do Noroeste, Série Sociologia 4:25-75.


———. 2003. Família em mudança. Cadernos de Bioética. Formação da consciência de Bioética, Família e Bioética Ano XII (33):57-70.


Leandro, Maria Engrácia, Paulo Nuno Nossa, and Maria José Boavida. 2008. Na encruzilhada da família e do género em contexto migratório. Configurações - Revista de Sociologia 4:27-64.


Leandro, Maria Engrácia, Ana Sofia da Silva Leandro and Virgínia Barroso Henriques. 2010. Alimentação familiar. Os fabulosos odores, (dis)sabores e saúde, Sociologia, Problemas e Práticas 62: 57-80.


Leite, Carolina. 1999. Estratégias Espaciais e Percurso Migratório. Mulheres Portuguesas em Paris: 1960 -1990, Tese de Doutoramento.Universidade do Minho, Lisboa.


Leite, Maria Carolina. 1993. A casa em construção: actores e decisores. In Emigração/Imigração em Portugal. Actas do Colóquio Internacional sobre Emigração e Imigração em Portugal (séc. XIX e XX), edited by Maria Beatriz Nizza da Silva, , and Lisboa: Fragmentos.


Leite, Sofia. 2003. A União de Facto em Portugal. Revista de Estudos Demográficos 33:97-140.

———. 2004. Breve Sociografia sobre as famílias reconstituídas portuguesas. Revista de Estudos Demográficos 35 (Lisboa):53-89.


Leite, Sofia Alexandra Martins. 2003. União de facto em Portugal: indicadores, práticas e representações sociais, Tese de Mestrado. ICS, Lisboa.


Lima, Maria Antónia Pedroso de. 1999. Grandes famílias grandes empresas: ensaio antropológico sobre a elite de Lisboa, Tese de Doutoramento. ISCTE, Lisboa.


Lisboa, Manuel , Luísa Vicente, Isabel Carmo, and António Nóvoa. 2003. Os Custos Sociais e Económicos da Violência Contra as Mulheres. Lisboa: CIDM.


Lisboa, Manuel (Coord.), Isabel Carmo, Luísa Vicente, António Nóvoa, Pedro P. Barros, Sofia Marques da Silva, Ana Roque, and Sofia Amândio. 2006. Prevenir ou Remediar - Os Custos Sociais e Económicos da Violência Contra as Mulheres. Lisboa: Colibri.


Lobo, Cristina 1994. Processos de recomposição familiar: estratégias e trajectórias nas famílias recompostas, Tese de Mestrado. ISCTE, Lisboa.


Lobo, Cristina. 1995. Do (re)casamento às estratégias de recomposição familiar. Sociologia Problemas e Práticas 18:69-95.


———. 1996. Padrastos no quotidiano: estratégias de construção social do papel de padrasto. Sociologia, Problemas e Práticas 19:67-82.


———. 2009. Parentalidade social, fratrias e relações intergeracionais nas recomposições familiares. Sociologia, Problemas e Práticas 59:45-74.


———. 2009. Recomposições familiares: Dinâmicas de um Processo de Transição. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação para a Ciência e a Tecnologia.


Lobo, Cristina, and Cristina Palma Conceição. 2003. O recasamento em Portugal. Sociologia, Problemas e Práticas 42:141-159.


Lobo, Cristina, and Karin Wall. 1995. A família na sociedade portuguesa. Sociologia, Problemas e Práticas 18:173-194.


Lobo, Isabel Sousa. 1982. Ètat et régulation sociale: la politique de l'enfance et de la famile au Portugal sous le salazarisme, Tese de Doutoramento. Université des Sciences Sociales de Grenoble, Grenoble.


Lopes, Carla Fonseca. 2004. Violência de género. In Actas do V Congresso Português de Sociologia. Sociedades Contemporâneas - Reflexividade e Acção. Braga, Universidade do Minho: APS.


Lopes, Maria Antónia. 1984. Os expostos no Concelho da Meda em meados do século XIX (1836-1866): subsídios para o seu estudo. Revista Portuguesa de História XXI:119-176.


———. 1988. Notas para o estudo do papel social da mãe: representações e normas no theatro de Manuel de Figueiredo. Revista Portuguesa de História 24:67-95.


Lorga, Catarina. 1999. Educação e Formação Profissional. In Jovens em Portugal. Análise Longitudinal de Fontes Estatísticas: 1960-1997. Alexandra Figueiredo, Catarina Lorga e Vítor Sérgio Ferreira, Oeiras/Sej Celta: 97-116


———. 2009. Ser Homem na Imprensa Masculina, Tese de Doutoramento. Lisboa: ISCTE (policopiado).


Lorga, Catarina, José Manuel Paquete de Oliveira e Rodrigo Rosa. 2007. Media e a Construção de Representações do Género na Realidade Social Portuguesa. Relatório Final vols. I-II. Lisboa, ISCTE-IUL/FCT (policopiado).


Lorga, Catarina e Rodrigo Rosa. 2009. SIC Mulher. Televisão Feminina para Partilhar. Working Paper nº. 79, Lisboa: CIES.


Lourenço, Nelson. 1991. Família Rural e Indústria. Lisboa: Editorial Fragmentos.


———. 1992. Masculin-féminin: l'asymétrie de rôles et des trajectoires professionnelles. In Familles et Contextes Sociaux: les espaces et les temps de la diversité. Actes du Colloque de Lisbonne. Lisboa: CIES/AISLF.


Lourenço, Nelson, Manuel Lisboa, and Elza Pais. 1996. Violência Contra as Mulheres no Quadro Conjugal em Portugal. In Práticas e processos da Mudança Social. Actas do III Congresso Português de Sociologia. Lisboa: Celta.


———. 1997. Violência Contra as Mulheres. Lisboa: CIDM.

 

Lyonette, Clare, Rosemary Crompton, and Karin Wall. 2007. Gender, Occupational class and Work-Life Conflict. A comparison of Britain and Portugal. Community, Work & Family 10 (3):283-308.